Empreender nunca foi fácil. Investir em algo completamente novo é um grande desafio, ainda mais no atual cenário, com a sociedade enfrentando ainda transformações profundas no que diz respeito aos hábitos de consumo, tornando sua jornada cada vez mais phygital. No entanto, vimos nascer na pandemia produtos e soluções diferenciados, que conquistaram espaço no mercado e adesão do público de forma surpreendente. O Brasil fechou o ano de 2020 com o maior número de empreendedores da história. Não exatamente por vocação, mas principalmente por necessidade de recomposição do orçamento doméstico.

Dados do Portal do Empreendedor de 2020 mostram que em março, coincidindo com o início das restrições impostas pela crise sanitária e seus desdobramentos na economia, o país contava com quase 10 milhões de MEI’s registrados. Em dezembro do mesmo ano, as estatísticas apontam mais de 11,3  milhões de MEI’s, um crescimento de 13,23%. No total, foram 1,49 milhão de novas formalizações em oito meses. Esse setor representa 99% dos negócios e 30% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos) do país.

Diante disso, é importante compreender algumas necessidades antes de dar esse passo para sua carreira. Começando pela reflexão, pois são muitos os desafios e nem sempre o glamour associado a startups de sucesso vem sem duras escolhas, privações e mudanças no estilo de vida. Em seguida, é necessário compreender quais são suas habilidades e seu perfil comportamental. Será que você realmente identificou uma oportunidade de negócio? Tenho aptidão em tomar decisões? Essas são apenas algumas das perguntas que qualquer um deve fazer antes de empreender.

Com isso em mente, escolher o setor para abrir uma empresa é um dos primeiros passos para o sucesso. Entenda se o seu perfil combina com o tipo de mercado que você deseja e garanta que seu produto tenha um diferencial. E claro que, para colocar isso em ação, é necessário ter um planejamento bem estruturado e definir metas, sejam elas ainda pequenas. Essa definição ajudará a identificar os recursos, tempo e dinheiro que serão necessários para tal fato. O próximo passo é descobrir quem é o seu cliente, afinal, conhecer bem quem consome seu serviço estimula seu crescimento.

Matéria adaptada do portal: https://startupi.com.br/ Para ler na íntegra acesse: https://startupi.com.br/2021/10/entenda-o-que-se-deve-fazer-antes-de-decidir-empreender/ Por Renato Alves