Você conhece as formas de Controles Internos das empresas? E o que é compliance? Já ouviu falar nesse termo? Se você está envolvido de alguma forma com o mundo do empreendedorismo e quer saber mais sobre esse assunto, este texto foi feito para você.

De cara, podemos dizer que os Controles Internos são fundamentais para que uma organização funcione bem e sem erros, baseando-se na padronização das ações, e garantindo a eficiência da empresa. Se você está no início de suas atividades, ou mesmo se já atua há algum tempo, é de extrema importância saber que as empresas de sucesso possuem características semelhantes para organizar seus negócios, tendo altos padrões de ações e culturas corporativas, que garantem o bom cumprimento de normas e processos.

Segundo uma pesquisa feita pelo IBGE, há mais de 3,6 milhões de empresas no Brasil. A maioria não se preocupa em aderir a uma forma de controle em sua empresa, afirmando ser desnecessário ou trabalhoso. Pesquisas feitas pela Amcham BH em 2017 apontam que 70,6% dos executivos afirmam possuir um programa claro de compliance, número este que aumentou muito em comparação a 2016. Assim, ter algum tipo de controle é mais do que fazer certo ou garantir um padrão de ações. É uma maneira de evitar fraudes e falhas por parte de qualquer um que faça parte da entidade. E é até mesmo auxiliar seus clientes de forma eficaz.

Se você chegou até aqui, significa que se interessou em conhecer os Controles Internos e mais sobre o que é Compliance. E este texto irá mostrar que possuir um tipo de controle faz toda a diferença em uma empresa.

Conceito de Controles Internos

Consiste na criação de procedimentos e padronização de ações de uma empresa, garantindo que todos realizem uma função da mesma forma, sem que haja dúvida ou erros. Com os Controles Internos, qualquer um da empresa consegue realizar todas as funções de forma eficaz, garantindo a eficiência, evitando que ocorram erros, fraudes e violações de normas.