O mercado financeiro ganha neste mês um banco digital criado por produtores do Centro-Oeste, empresários e investidores totalmente voltado aos correntistas do agronegócio.

BR Agro Bank pretende atender o mercado do agronegócio com um pacote de serviços segmentado, oferecendo taxas mais competitivas se comparadas aos grandes bancos que atuam neste setor, além da expertise de quem produz.

Um dos objetivos da fintech é avançar no mercado de seguro rural, estimado em R$ 7 bilhões apenas em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

“A estiagem mostrou aos produtores a necessidade de um seguro rural, mas para isso são necessárias taxas competitivas e compatíveis ao custo de produção cada vez mais alto. Nosso propósito é trabalhar para gerar a melhor rentabilidade ao produtor”, explica o presidente do Conselho de Administração do BR Agro Bank, Alípio Oliveira.

Para dar o start no mercado, o BR Agro Bank vai praticar já na safra 2021/22 linhas de seguro com as menores taxas do mercado. “Teremos 150 tipos de seguros que abrangem lavouras em geral até com risco de queimadas, propriedades rurais, transporte de carga viva e também pastagens, que é uma modalidade de seguro praticamente inexistente no Brasil”, explica Alípio.

Matéria adaptada do portal: https://www.canalrural.com.br/Para ler na íntegra acesse: https://www.canalrural.com.br/noticias/produtores-rurais-criam-banco-digital-especializado-no-agronegocio/