Crescimento acelerado no associativismo

O associativismo novamente mostrou sua força e é o segmento que mais puxa o desempenho do varejo farmacêutico. As redes associadas à Febrafar cresceram 23,3% em vendas e 15,5% em unidades; seguido de outras associações/ franquias (respectivamente 22,6% e 13,9%) e das independentes (17,6% e 9,5%).

As redes associadas à Abrafarma cresceram 13,3% em vendas, mas continuam firmes na liderança do setor em receita, com R$ 62,4 bilhões (43% do total). Já as outras redes apresentaram alta de apenas 6,1% de crescimento e ainda apresentaram desaceleração de -1,9% em volume.

Vendas do mercado farmacêutico por tipo de loja em valores R$

Canal20202021Crescimento
Abrafarma56,6 bilhões62,4 bilhões10,3%
Outras redes17,5 bilhões18,6 bilhões6,1%
Febrafar14,4 bilhões14,4 bilhões23,3%
Outras assoc./ franquias7,3 bilhões7,3 bilhões22,6%
Independentes30,4 bilhões30,4 bilhões17,6%

Vendas do mercado farmacêutico por tipo de loja em unidades

Canal20202021Crescimento
Abrafarma2,3 bilhões2,4 bilhões3%
Outras redes882 milhões865 milhões-1,9%
Febrafar823 milhões951 milhões15,5%
Outras assoc./ franquias407 milhões463 milhões13,9%
Independentes1,8 bilhões2 bilhões9,5%

O estudo também revelou que o associativismo/franquias, assim como as farmácias independentes, cresceram acima dos demais canais em todas as regiões. A maior evolução foi na região Norte (97,3%), seguida do Centro-Oeste (79%), Nordeste (69,7%), Sudeste (60%) e Sul (43,1%).

fonte: https://sincofarma.org.br/noticias/varejo-farmaceutico-tem-mais-um-recorde-de-faturamento/