A transação seguirá para avaliação do CADE (Conselho Administrativo de Defensa Económica) para concretização, como habitual neste tipo de operação.

A Carta Fabril foi fundada em 1991 e ao longo dos anos conquistou grande expressão no mercado de higiene e cuidado pessoal. Possui duas fábricas localizadas nos estados de Goiás e Rio de Janeiro, com capacidade para produzir 100.000 toneladas por ano de papel para produtos de higiene. A companhia detém as marcas Cotton e Deluxe de papéis higiênicos, Baby Looney Tunes e Looping de fraldas infantis, os absorventes femininos Diana, absorventes para incontinência urinária Bem-Estar e as marcas Coquetel, Social Clean e Gran Finale de toalhas de papel e guardanapos.

O diretor geral da Softys, Gonzalo Darraidou, destaca a importância deste crescimento da Softys no Brasil, “Estamos muito felizes com esta aquisição. A Carta Fabril é uma empresa líder na comercialização de produtos de papel para higiene no Rio de Janeiro. Assim que a aquisição for autorizada, alcançaremos uma capacidade de produção instalada de 380.000 toneladas por ano de papel para produtos de higiene, o que reforçará nossa liderança no setor no País”.

Este movimento vai em linha com plano de crescimento global da companhia que tem o Brasil no centro de sua estratégia. Há pouco mais de dois anos, a Softys adquiriu a Sepac, uma das maiores fabricantes de papel higiênico do País. Com a concretização da compra da Carta Fabril, a Softys reforça ainda mais sua liderança na categoria de papel higiênico.